Advogados já adotam Skype e WhatsApp como ferramentas de trabalho

WhatsApp---Skype--advogados

A cada dia as novas tecnologias de comunicação estão ficando mais presentes nas rotinas de trabalho dos advogados. São os casos do aplicativo  WhatsApp e do serviço de mensagem instânea  Skype.

Um exemplo disso é a advogada Luiza Balthazar. Ela tem 23 anos e prefere usar o Skype para entrar em contato com seus clientes. “É mais rápido do que e-mail”, disse ela em entrevista a EXAME.com.

Além do Skype, a advogada usa o WhatsApp para receber avisos e discutir pequenas questões relacionadas ao trabalho com os outros advogados do escritório Pinhão e Koiffman Advogados.

Segundo Luiza, os colegas de escritório  criaram um grupo por meio do app para trocar apenas informações relacionados ao trabalho.

Para a advogada, o fato do escritório ser especializado em tecnologia faz todos se mantenham informados sobre os últimos temas da área. Na opinião de Luiza, o Direito está passando por uma transição para o mundo digital.

Em seu escritório, há softwares que leem publicações e informam os advogados sobre prazos. Segundo Luiza, o uso de e-mail como prova em processos hoje é comum.

“Já houve um caso envolvendo fotos comprometedoras em que pedimos a quebra de sigilo de um grupo no WhatsApp”, afirma ela.

Mas, a falta de confiança ainda faz com que alguns advogados tenham o pé atrás com a tecnologia. Luiza explica que muitos ainda têm receio de armazenar documentos na nuvem, por exemplo.

Para ela, a mudança dessa atitude depende do aumento da segurança nos serviços que armazenam dados. “Quando isso começar a mudar, nós também vamos começar a mudar aqui”, afirma ela.

Fonte: Exame.com