Juarez Freitas recebe medalha Pontes de Miranda por obra publicada pela Editora Fórum

Professor Juarez Freitas na solenidade de entrega da Medalha Pontes de Miranda

O jurista e professor Juarez Freitas, autor do livro “Sustentabilidade – Direito ao Futuro” (Editora Fórum, 1ª Reimpressão), recebeu na última terça-feira (13/12), no salão nobre do IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros), no Rio de Janeiro, a Medalha Pontes de Miranda pela importância de sua obra.

A distinção foi conferida pela Academia Brasileira de Letras Jurídicas em solenidade que contou com juristas. Em discurso, Juarez Freitas agradeceu: “a alta distinção que representa tal láurea, sobremodo pelo rigor e pela parcimônia com que a Academia a concede. Trata-se, portanto, de poderoso estimulo à causa da sustentabilidade como novo paradigma de compreensão do sistema jurídico”.

Livro Sustentabilidade - Direito ao FuturoEm sua obra “Sustentabilidade – Direito ao Futuro“, Juarez Freitas faz uma reflexão sobre sustentabilidade ao realizar uma abordagem social, econômica e ambiental com a dimensão ética e a dimensão jurídico-política. No livro, o autor salienta a importância da sustentabilidade como valor constitucional e que deve modificar profundamente o nosso modo de ver e praticar direitos e deveres.

Sobre o autor

Juarez Freitas é professor nas Faculdades de Direito da PUCRS e da UFRGS. Presidente do Instituto Brasileiro de Altos Estudos de Direito Público, tendo sido Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo. Pós-Doutorado na Universidade Estatal de Milão, tendo sido Pesquisador Associado na Universidade de Oxford, Visiting Schollar na Universidade de Columbia. Membro de Comissão Especial do Conselho Federal da OAB. Presidente do Conselho Editorial da Revista Interesse Público, editada pela Editora Fórum.  Entre outras condecorações, recebeu o Colar do Mérito Geraldo Ataliba (IBDM), o Colar do Mérito Victor Nunes Leal (TCMRJ), o Colar do Mérito Miguel Seabra Fagundes (Atricon), a Medalha Professor Santiago Dantas (ANPF), a Medalha Irmão Afonso (PUCRS) e a Medalha do Mérito Institucional (AMPCON).

Sobre a Medalha Pontes de Miranda

A Medalha Pontes de Miranda foi criada em 1990 e tem como patrono o escritor e jurista alagoano Pontes de Miranda. O Grande Colar da Ordem do Mérito Pontes de Miranda foi entregue pela primeira vez ao então governador de Pernambuco Carlos Wilson Campos, em 10 de dezembro de 1990. Desde então, já foram agraciadas várias personalidades do mundo jurídico nacional em diferentes sessões solenes. Como escritor, Pontes de Miranda difundiu novos métodos e concepções do Direito no Brasil, deixando uma obra composta por 29 títulos.