Execução penal: jurista defende maior criatividade no estabelecimento de novas modalidades de penas

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sidnei Beneti, que presidiu a comissão especial de juristas encarregada de elaborar o anteprojeto da Lei de Execução Penal, defende maior criatividade no estabelecimento de novas modalidades de penas que sejam realmente efetivas, de fácil execução e que sejam sentidas pelos condenados.

Veja a posição do jurista no vídeo abaixo:

Fonte: Agência Senado