As ouvidorias são fundamentais para a gestão estatal

Palestrante do II Fórum Brasileiro de Direito Disciplinário, Rodrigo Pironti Aguirre de Castro, Mestre e Doutorando em Direito Econômico e Social pela PUCPR, vai falar sobre o tema “Ouvidorias públicas e aperfeiçoamento de sistemas de controle interno“.

De acordo com Pironti, autor da obra “Sistema de Controle Interno – Uma perspectiva do modelo de gestão pública gerencial” (Editora Fórum), “as ouvidorias são fundamentais para a gestão estatal, pois legitimar a interação do cidadão com o Estado, não é apenas garantir seu direito de participação democrática, mas muito mais, é assegurar que as ações de governo não diferem dos interesses e dos anseios de cada um de nós”.

Professor da Universidade Tuiuti do Paraná e presidente da Comissão de Gestão Pública da OAB/PR, Rodrigo Pironti Aguirre de Castro considera que “dizer, implementar e legitimar as ouvidorias é legitimar a própria vontade estatal”. Para ele, caso contrário, “não é admissível relegar a Ouvidoria (como parte integrante do Sistema de Controle) a um órgão secundário na Administração e limitar suas funções ao recebimento de lamentações sociais”.

A palestra de Rodrigo Pironti Aguirre de Castro está marcada para o terceiro dia do II Fórum Brasileiro de Direito Disciplinário, que acontecerá nos dias 25,26 e 27 de abril, em Curitiba, no Paraná. “A Editora Fórum marca mais uma vez o cenário Nacional com um evento moderno, com temas relevantes e pouco debatidos, permitindo à todos aqueles que assistam um aperfeiçoamento prático-profissional e o desenvolvimento da cultura jurídica”, completa.

Serviço

II Fórum Brasileiro de Direito Disciplinário
Dias 25,26 e 27 de abril
Local: Hotel Pestana
Endereço: Rua Comendador Araújo, 499 – Batel. Curitiba-PR

Clique aqui para obter mais informações sobre o evento e fazer a sua inscrição