Plenário do Senado aprova o retorno de Roberto Gurgel à Procuradoria-Geral da República

Roberto Gurgel foi reconduzido ao cargo de Procurador-Geral da República nesta quarta-feira , dia 03 de agosto, após aprovação no Plenário do Senado. No total, Gurgel contou com 56 votos favoráveis e 6 contrários.

Na mesma data, houve também a sabatina da Comissão de Constituição e Justiça, na qual Roberto Gurgel teve seu nome aprovado com 21 votos e apenas 1 voto contrário. Ele respondeu perguntas dos senadores oposicionistas sobre a incompatibilidade entre a renda e o patrimônio declarados por Antonio Palloci, sobre a isenção de responsabilidade do ex-ministro Luiz Gushiken no escândalo do mensalão e com relação à permanência do italiano Cesare Battisti no país.

O Procurador é cearense e graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi advogado no Rio de Janeiro e em Brasília e ingressou no Ministério Público em 1982, por concurso público. Gurgel deverá exercer o cargo pelos próximos dois anos.

Fonte: CONJUR/SENADO