Seis seriados que todo advogado deveria ver

suits

Suits

A série Suits  é um sucesso e possui grande audiência na televisão americana.  A série é rodada em torno de casos jurídicos sempre bem resolvidos, e com um toque de humor sarcástico, tudo isso dentro do escritório de advocacia “Pearson & Hardman”.  Suits mostra personagens manipuladores que conseguem resolver casos complicados, mesmo que a ética não seja aplicada.  O personagem Harvey Specter (interpretado por Gabriel Macht) é um dos melhores advogados de Nova York. Articulado, narcisista e extremamente inteligente, Specter sempre consegue ganhar qualquer ação judicial que seja colocada em sua mesa. Membro de um importante escritório de Manhattan, o personagem representa empresas multimilionárias e astros do esporte americano.  Em busca de um associado para compor o seu escritório, o Harvey Specter encontra Mike Ross, interpretado pelo autor Patrick J. Adams. O rapaz nunca frequentou uma faculdade de Direito, mas possui memória fotográfica e enciclopédica impressionante, além de ter um alto conhecimento sobre as leis americanas. Harvey decide contratá-lo, colocando sua carreira e credibilidade em risco ao afirmar que Mike é formado em Harvard.

boston-legal

 Boston Legal 

Alan Shore e Denny Crane estão a frente de litígios bem razoáveis num elegante escritório de advocacia de Boston na série que mostra a vida pessoal e profissionais de advogados brilhantes, mas quase sempre desequilibrados emocionalmente. Ao lado de Shore e Crane está Brad Chase, um profissional de Washington que foi transferido para Boston para ficar de olho em Danny Crane, um dos sócios mais antigos do grupo e que se mostra incontrolável. Brad também se mostra atento ao companheiro de trabalho Alan Shore. A série aborda diversos temas sociais e morais, além da busca por felicidade e dinheiro – em ordens variadas de prioridade.

How-to-get-away-with-murder

How to get away with murder

O seriado é sobre um grupo de ambiciosos estudantes de Direito e a professora de Direito Criminal da prestigiada academia East Coast Law School, que se vê envolvida em uma trama de assassinato que vai agitar toda a universidade e mudar o curso de suas vidas.

 

Damages

 

Damages

Patty Hewes, vivida por Glenn Close, é uma advogada poderosa que não mede esforços nem economiza em métodos não muito ortodoxos para conseguir o que quer.  Cada temporada  tem uma história com começo meio e fim, flashbacks e flashforwards se misturam e vão construindo o quebra-cabeça da trama, que sempre é baseada em algum caso real.

good-wife

The Good Wife

A série dramática  tem como protagonista a vencedora do Emmy Juliana Marguiles, como Alicia Florrick, uma esposa e mãe que assume responsabilidade total sobre sua família e volta ao mercado do trabalho depois do escândalo de sexo e corrupção em que seu  marido, um  promotor de Justiça de Chicago,  foi pego num escândalo envolvendo prostitutas. O marido vai para a cadeia, ela tem que retomar a carreira de advogada largada há tempos para poder sustentar os filhos.  Deixando de lado a traição e a humilhação pública causada por seu marido, Peter, Alicia recomeça sua vida e volta a trabalhar como advogada. Como associada em um prestigioso escritório em Chicago, ela se reúne com seu amigo de longa data, antigo colega de faculdade e novo colega de trabalho Will Gardner, que está curioso para ver como Alicia vai se sair depois de 13 anos longe dos tribunais. Sua  rival é Cary, uma jovem de 20 e poucos anos recém-formada por Harvard, que é meiga na superfície, mas competitiva na realidade.  Alicia tem como aliada  a Kalinda, uma investigadora durona do escritório.

Ally-McBeal

Ally McBeal

O seriado narra as aventuras da advogada Ally McBeal e seu desejo de encontrar um parceiro ideal para se casar e de se dar bem na vida, profissional e emocionalmente. A trama se desenrola em um escritorio de advogacia, em Boston, onde Ally e o resto de seus colegas excêntricos trabalham e vivem situações bastante irreais.  Ela pesava menos de 50 quilos, tinha alucinações e foi acusada de matar o feminismo. Enquanto tentava achar o homem ideal e imaginava Barry White cantando no seu quarto, Ally McBeal trabalhava num dos escritórios mais nonsense que já houve – em que o cenário principal era o banheiro unissex.