Conheça as tendências para o mercado jurídico e média salarial dos advogados em 2019

3 de dezembro de 2018

 

Pesquisa publicada pela Robert Half, empresa multinacional de consultoria especializada em recrutamento,  destaca que, em 2019, as atividades mais focadas no negócio, como societário, contratos e fusões e aquisições devem voltar a crescer, após o período de instabilidade da economia em que as oportunidades da área jurídica estavam voltadas para o contencioso e a recuperação de empresas. Essas mudanças são vistas tanto em empresas quanto em escritórios.

As carreiras como maior destaque nas empresas são de Gerente Jurídico, Societário/Contratos/M&A e Tributário. Já em escritórios são  Societário/Contratos/M&A, Contencioso Cível, Tributário e Sócios.

Revolução Tecnológica no Direito

A revolução tecnológica está transformando a maneira como as pessoas trabalham, se relacionam e vivem. A área jurídica e os profissionais do direito não estão de fora dessas mudanças. Apesar de ainda incipiente no Brasil, o mercado de Lawtechs, termo utilizado para denominar as startups jurídicas, é muito promissor, e o número de empresas do segmento cresce a cada dia.

Segundo a Associação Brasileira de Lawtechs & Legaltechs (AB2L), o Brasil é o terceiro País do mundo com mais advogados em números absolutos – são mais de 1 milhão de profissionais atuantes – e é onde mais se gasta com a justiça (1,3% do Produto Interno Bruto). Esses números já chamam a atenção dos investidores e a tendência é que 2019 seja de muito crescimento para as Lawtechs no Brasil.

Quanto aos profissionais, é tempo de mudança de mentalidade. A tecnologia vem para colaborar com o departamento jurídico das empresas, escritórios e advogados com soluções que facilitam a rotina dos profissionais e aumentam a produtividade.

 

Salários advogados em 2019