5 motivos para você participar do 17º Fórum Brasileiro de Contratação e Gestão Pública

 

Nos dias 11 e 12 de abril, Brasília sediará o 17º Fórum Brasileiro de Contratação e Gestão Pública. O evento já é tradicional na agenda dos profissionais de contratações públicas, gestores públicos, juristas, professores e pesquisadores do Direito Administrativo. Com o tema central “Infraestrutura e serviços públicos de qualidade com sustentabilidade”, o fórum é uma grande oportunidade de atualização e aprimoramento profissional de todos os agentes que lidam especialmente com a pauta das compras públicas e contratos administrativos. Mas para não restar dúvida sobre a sua participação no evento,  listamos 5 boas razões, confira:

1 – Tradição

O evento é o mais tradicional e especializado em contratações públicas no país. São 17 anos consecutivos trazendo os principais especialistas na área para debaterem sobre temas de grande relevância para os agentes que atuam na gestão e contratação pública.

2 – Interação com os especialistas

Nesta edição, pela primeira vez, ocorrerá o Fórum de Experiências. Será uma excelente oportunidade para debater com os palestrantes sobre temas que impactam o dia a dia no seu trabalho.

3 – Palestrantes renomados

O fórum reúne doutrinadores de pesos na gestão pública, como Juarez Freitas, Jacoby Fernandes, Joel Niebuhr, Tatiana Camarão, Vanice do Valle, ministro Bruno Dantas (TCU), Cláudio Sarian e Luciano Ferraz.

4 – Troca de conhecimento

 Além do contato direto com os palestrantes, o fórum propicia um ambiente ideal para a troca de experiências profissionais com pessoas de várias regiões do país. Algo tão rico quanto a aprendizagem das conferências.

5 – Localização

O evento ocorrerá, como todo ano, no coração do Brasil, a capital federal Brasília. A cidade possui fácil acesso das principais cidades do país.  O Windsor Plaza Brasília Hotel tem localização privilegiada no Setor Hoteleiro Sul. Em poucos minutos, é possível chegar aos principais pontos da capital, como centros empresariais, atrações turísticas e ao Aeroporto Internacional de Brasília.