Brasil tem de realizar expressivos investimentos em infraestrutura, alerta presidente do TCU

Fórum, que terá a participação de Benjamin Zymler, vai tratar de questões de contratações e obras públicas.

Para garantir o crescimento e possibilitar a criação de empregos em quantidade compatível com a nossa população “são necessários expressivos investimentos na área de infraestrutura por parte dos setores público e privado”. O alerta é do presidente do Tribunal de Contas da União, Benjamin Zymler.

O presidente do TCU é conferencista de abertura do I Fórum Brasileiro de Contratações Públicas e Infraestrutura, que acontecerá nos dias 15 e 16 de março, no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, em Brasília. No evento,  Zymler vai falar sobre as “Novas Regras do Regime Diferenciado de Contratações (RDC)”, cujo tema central vai mostrar que a relevância da análise do novo regime de contratação advém do seu caráter inovador.

Para Benjamin Zymler, o RDC “poderá inclusive servir para uma reformulação geral dos normativos que regem as licitações públicas, e da necessidade de se avaliar os efeitos do regime diferenciado na celeridade das contratações necessárias para a realização dos próximos grandes esportivos que o Brasil brevemente sediará – Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016”.

O ministro do TCU lembra ainda que aeroportos, portos, estradas, ferrovias, hidrovias, dentre outros, constituem hoje um gargalo para que o País “possa exercer plenamente o seu potencial de crescimento econômico”, diz. Nesse sentido, completa o ministro, “o Fórum ganha especial relevância ao possibilitar a discussão e disseminação das boas práticas do tema, propiciando uma regular e ótima aplicação dos recursos públicos envolvidos”.

Não perca! As inscrições para o Fórum Brasileiro de Contratações Públicas e Infraestrutura já estão abertas.

Data: 15 e 16 de março de 2012
Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, Quadra 6 – Lote 1 – Conj. A. Brasília-DF
Inscrições: Fórum Cultural Eventos
(31) 3614 1020
contato@forumculturaleventos.com.br

Clique aqui para conferir valores, a programação científica e fazer a sua inscrição