Editora Fórum lança periódico voltado para a Infraestrutura

Já está disponível para aquisição em nossa Loja Virtual a mais nova revista publicada pela Editora Fórum voltada à reflexão sobre o desenvolvimento de infraestruturas no país: a Revista Brasileira de Infraestrutura – RBINF.

Desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos da Infraestrutura – IBEJI, a RBINF tem como diretores Augusto Dal Pozzo e Rafael Valim e como presidente do Conselho Editorial, Marcelo Figueiredo. Sua periodicidade é semestral e ela pode ser adquirida pelo site da Fórum ao valor de R$ 416 para a assinatura anual impressa.

A partir de uma visão multidisciplinar, a Revista Brasileira de Infraestrutura (RBINF) reúne artigos de reconhecidos especialistas nacionais e estrangeiros, bem como pareceres jurídicos de grande relevância e atualidade.

O objetivo da revista vem de encontro à inadiável expansão dos investimentos em infraestrutura no nosso País, de modo a realizar os elevados objetivos que a Constituição, em seu art. 3º, assinala à República Federativa do Brasil: construir uma sociedade livre, justa e solidária e garantir o desenvolvimento nacional. Os projetos de infraestrutura, entretanto, impõem inúmeros desafios de diversas ordens e na maioria das vezes insuspeitados.

É justamente para enfrentar tais desafios com rigor científico, senso crítico, criatividade e, sobretudo, respeito à ordem constitucional, que se idealizou a Revista Brasileira de Infraestrutura – RBINF, resultado dos esforços que vêm sendo empreendidos no âmbito do recém-fundado Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos da Infraestrutura (IBEJI).

Lançamento

O lançamento oficial da Revista Brasileira de Infraestrutura – RBINF está sendo aguardado dentro do Fórum Brasileiro de Contratações Públicas e Infraestrutura, no próximo dia 16 de março, às 16h. O evento, que acontecerá nos dias 15 e 16 de março, no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21, em Brasília, vai reunir diversas personalidades do Direito para discutir o tema da infraestrutura e das contratações públicas. Clique aqui para saber mais.