Gestão de pessoal na Administração Pública será tema de debates no XI Fórum de Contratação e Gestão Pública

O coordenador científico do XI Fórum de Contratação e Gestão Pública, professor Fabrício Motta, ressalta a importância de se debater a gestão de pessoal na Administração Pública: “Sabemos que a gestão de pessoal na Administração Pública possui peculiaridades que a diferenciam sobremaneira das organizações privadas. Com efeito, o gestor público possui à sua disposição uma série de ferramentas de gestão e, por outro lado, determinações impostas pelo ordenamento jurídico. O conhecimento e a avaliação a respeito dos diversos vínculos jurídicos possíveis entre agentes públicos e Estado, por exemplo (cargo efetivo, caro em comissão, contrato, contrato mediante empresa de terceirização, etc), é essencial para uma gestão de pessoal baseada na eficiência e na eficácia do serviço prestado à população”. O coordenador do evento ainda ressalta a importância de se discutir não somente a adaptação das bases doutrinárias da gestão de pessoal (envolvendo motivação, desempenho, gestão por competência e remuneração justa, dentre outros aspectos) como também o controle desse processo: “A administração pública brasileira tem uma tradição de falta de profissionalização que, inevitavelmente, conduz à ineficiência, à ineficácia e ao desperdício. Levando-se em consideração que a gestão de pessoal na esfera pública implica na aplicação de um regime determinado pela lei, é importante discutir os mecanismos de controle para verificar se os objetivos imaginados pelo ordenamento estão sendo atingidos.”.