OAB-PI contará com aplicativo para acessar livros e periódicos da Editora Fórum

(Na foto) A conselheira federal Eduarda Mourão, a diretora geral da Escola Superior de Advocacia, Naiara Moraes, o presidente da Editora Fórum, Luís Cláudio, e o vice-presidente da OAB-PI, Lucas Villa

Os advogados do Piauí contarão com mais uma ferramenta para auxiliá-los na atualização e pesquisa jurídica. Por meio da parceria entre a Editora Fórum e a OAB-PI, os profissionais pertencentes à Seccional poderão acessar livros e periódicos publicados pela Fórum por meio de um aplicativo disponível para smartphones e tablets, nas plataformas Android e IOS.

Entre as novidades acertadas para o novo convênio, que será assinado em agosto deste ano, estão a criação de um aplicativo para que os advogados regularmente inscritos na OAB-PI possam acessar diversos periódicos; a doação de obras físicas para o incremento do acervo da Seccional; e a abertura de um canal junto à Editora Fórum para que a classe possa publicar artigos e livros.

“Essa é uma excelente oportunidade para os advogados do Piauí, que terão essa via de contato direto com uma das maiores editoras do Brasil. Por meio desse convênio, os advogados do Piauí vão ter a oportunidade de publicar seus artigos em revistas especializas e, quem sabe, até publicar livros na Editora Fórum, que tem distribuição e reconhecimento nacional”, disse Lucas Villa, vice-presidente da OAB-PI,

“O advogado piauiense é muito preparado, existem muitos bons acadêmicos no Piauí produzindo muito e publicando pouco por falta das vias corretas para conseguir viabilizar suas publicações. A OAB, portanto, cumpre seu papel com a advocacia piauiense e principalmente com o meio acadêmico jurídico do Piauí, com os advogados professores, possibilitando que eles possam socializar suas publicações”, acrescentou Lucas.

A Editora Fórum irá publicar ainda a Revista Científica da OAB-PI, o que segundo a diretora geral da Escola de Advocacia traz ainda mais respaldo para o periódico da Seccional, viabilizando um dos objetivos da gestão que é a obtenção do Qualis.

A diretora geral da Escola Superior de Advocacia, Naiara Moraes, também comemorou a possibilidade de publicações dos advogados pela Editora. “Essa não é uma garantia de publicação dos periódicos, uma vez que tudo passa pelo criterioso conselho editorial da Fórum, mas é a construção de um grande canal de acesso, que será efetivado de uma maneira clara”, explicou.

“Foi aberto um canal, uma conexão com a Editora Fórum e a OAB do Piauí no sentido de trazer esses jovens talentos da OAB nas diversas áreas. Também vamos apoiar todas as iniciativas da OAB do Piauí. Então, a ideia é intensificar esse relacionamento, porque a Fórum se sente muito honrada com essa parceria com a OAB do Piauí”, afirmou Luis Claudio, presidente da Editora Fórum.