Presidente do TCU diz que é muito cedo para analisar os resultados do RDC

Regime Diferenciado de Contratações Públicas foi editado para atender a demanda de obras e serviços para a Copa do Mundo de 2014

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamin Zymler, afirmou nesta quinta-feira, 10, que ainda não é possível mensurar a eficiência do Regime Diferenciado de Contratações Públicas, relacionado às obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. O tema foi discutido durante o 10º Fórum Brasileiro de Contratação e Gestão Pública, realizado em Brasília    (DF).

Leia a matéria completa no site do evento